Baleado em briga com namorada, delegado Bilynskyj passa por novas cirurgias

O delegado foi encontrado baleado no apartamento onde mora, em São Bernardo do Campo, na manhã de quarta-feira (20/05)

O delegado Paulo Bilynskyj atira contra um veículoReprodução/ Instagram

atualizado 22/05/2020 16:45

O delegado da Polícia Civil de São Paulo Paulo Bilynskyj afirmou, nessa quinta-feira (21/05), que passaria por duas novas cirurgias para retirada de projéteis de arma de fogo no abdômen e no peito.

De acordo com boletim médico relatado por colegas de trabalho, o policial realizou as intervenções cirúrgicas ainda na quinta e está entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o policial pede apoio e se mantém otimista. “Se Deus quiser, vai dar tudo certo. Preciso do apoio de vocês, tanto com doação de sangue quanto com oração, por favor. A gente se vê daqui a pouco”, disse Bilynskyj.

Entenda

O delegado foi encontrado baleado no apartamento onde mora, em São Bernardo do Campo, na manhã de quarta-feira (20/05). A namorada de Bilynskyj foi achada morta no local, também com marca de tiro.

A versão do policial endossa que Priscila Delgado atirou contra ele após se revoltar com mensagens lidas no celular do delegado. Em vídeo, ele afirma que ela efetuou seis disparos contra ele e depois deu um tiro em si mesma. A Polícia Civil investiga o caso como suicídio e tentativa de homicídio. 

Doação

O Hospital Estadual Mário Covas, em São Paulo, está recebendo doações de todos os tipos sanguíneos para o delegado.

Ele perdeu sangue durante a cirurgia por conta de lacerações do fígado, cauterizadas com sucesso, e do diafragma. A operação durou cerca de 4 horas.

Bilynskyj está com duas costelas fraturadas, por conta do tiro que fragmentou um osso próximo. Sua coxa esquerda ainda necessita de intervenção cirúrgica.

Pedido de doação de sangue para o delegado baleado em briga com namorada

0
Últimas notícias