Amazonas já produz mais de 17 mil metros cúbicos de oxigênio medicinal

Segundo o titular da secretaria de Estado de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima, 36 equipamentos estão em funcionamento

atualizado 02/03/2021 19:25

Com falta de oxigênio, Itacoatiara faz corrida a Manaus para reabastecer cilindros do gásHugo Barreto/Metrópoles

O Amazonas expandiu sua capacidade de produção independente de oxigênio medicinal para 17.856 metros cúbicos/dia, com a entrada em operação, nos últimos dias, de mais quatro miniusinas geradoras, instaladas no Hospital Geraldo Rocha, em Manaus, e em hospitais regionais de Barcelos, Eirunepé e Lábrea.

São 36 equipamentos já em funcionamento, destaca o titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima. A meta é chegar aos 75, conforme o Plano de Contingência, desenvolvido através de cooperação entre os Governos do Estado e Federal.

Leia mais no portal Manaus Alerta, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias