*
 

Cuidar de sete filhos não é uma tarefa fácil. E para a família Gontijo, essa missão ficou ainda mais difícil após a madrugada desta terça-feira (6/9), quando a van que pai e mãe utilizavam para transportar as crianças foi incendiada em frente à casa onde moram, em Sobradinho II. “Acordei por volta das 3h com o estalar do fogo e chamei os bombeiros. Eles demoraram entre 10 e 15 minutos mas as chamas já estavam altas e tinham consumido o carro”, conta a matriarca, Cláudia Gontijo, 45 anos.

A van incendiada era utilizada principalmente para levar os sete filhos do casal, que têm entre 11 meses e 13 anos, e os pais idosos de Cláudia a consultas médicas e a outras tarefas do dia a dia. “Como nossa família é muito grande, esse carro era o único capaz de comportar todo mundo”, explica.

Além dessa função, o veículo era atualmente uma fonte de renda da família já que Cláudia não trabalha e o marido está desempregado. Com a falta de trabalho certo, ele utilizava o carro para fazer pequenos fretes na região. “[A van] vai fazer muita falta porque era de lá que estávamos tirando o sustento dos últimos meses”, lamenta Cláudia.

O veículo incendiado ainda está na porta da casa da família. O caso está sendo investigado mas até agora, não há informações sobre a autoria das chamas, mas Cláudia acredita que ele seja resultado de um ato de vandalismo.

Campanha
Ao saber da história, uma sobrinha de Cláudia, que mora em Natal (RN), teve uma ideia para ajudar os parentes. Alyne Daez, 33 anos, divulgou um relato sobre o caso nas redes sociais e iniciou uma campanha de arrecadação de fundos para a compra de uma nova van para os Gontijo. “Eu sou mãe e sei muito bem o que é lutar para melhorar a vida dos seus filhos. Como não podia contribuir financeiramente, essa foi a forma que encontrei para ajudar”, explica Alyne. Quem quiser ajudar a família Gontijo pode entrar em contato pelo telefone (61) 99176-9035.

 

 


 

COMENTE

Incêndiofamíliavansete filhos
comunicar erro à redação