*
 

Uma paraquedista de 49 anos morreu durante um salto de mais de 4.500 metros. Após pular do avião, o paraquedas apresentou problemas e a mulher, que não teve a identidade revelada, ficou presa nas cordas do equipamento. Ela caiu sobre casas de um condomínio em Durham, na Inglaterra.

Uma testemunha relatou ao The Mirror que presenciou o momento em que a mulher começou a cair. Ele disse que ela descia rolando, enrolada nos panos e parecia uma “boneca de pano”.

A mulher chegou a ser levada a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e não aguentou. O dono da academia de paraquedismo, Ian Rosenvinge, disse, ao The Daily Mail, que a mulher saltava regularmente. Segundo ele, o topo do equipamento começou a rotacionar, fazendo com que ela atingisse uma velocidade muito alta.

As autoridades inglesas informaram que abriram investigação para saber o que causou o acidente.

 

 

COMENTE

InglaterraParaquedas
comunicar erro à redação