*
 

Shimon Peres, ex-presidente de Israel e ganhador do Prêmio Nobel da Paz, morreu na noite desta terça-feira (27/9), aos 93 anos, após complicações de um acidente vascular cerebral (AVC). Shimon estava internado em um hospital de Tel Aviv há duas semanas, respirando com ajuda de aparelhos, e mantido sedado.

Os médicos esperavam que o cérebro dele respondesse ao tratamento, no entanto, já na manhã desta segunda, familiares e amigos foram chamados para se despedir do ganhador do Nobel da Paz. Líderes de outros países enviaram desejos de melhoras enquanto ele estava internado.

Shimon Peres foi primeiro-ministro de Israel de 1984 a 1986 e de 1996 a 1996. Em junho de 2007, ele foi eleito presidente do país. Em 1993, Shimon assinou na Casa Branca, nos Estados Unidos, o Acordo de Paz de Oslo, sendo ele representante de Israel e Yasser Arafat o da Palestina. Eles se comprometeram a unir esforços pela paz entre os dois povos.

No ano seguinte, ao lado de Yitzhak Rabin e Yasser Arafat, Shimon Peres recebeu o Prêmio Nobel da Paz. Em 1993, publicou o livro “O Novo Oriente Médio” sobre o futuro do Oriente Médio.

 

 

COMENTE

Shimon Peres
comunicar erro à redação