*

Por R$ 2, será possível almoçar um prato especial preparado por um chef, apreciar bolo de mandioca de sobremesa e beber suco de cajuzinho do Cerrado. A refeição faz parte da campanha Coma Bem, Viva Bem da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos e estará disponível nesta terça-feira (11/10), das 11h às 14h, no Restaurante Comunitário da Estrutural.

As pessoas em situação de vulnerabilidade que estiverem inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do governo de Brasília e do governo federal pagarão R$ 1 pelo almoço. Ainda haverá uma feira agroecológica e uma oficina de horta.

Pelo mesmo preço, a refeição será oferecida nas outras terças-feiras de outubro nos Restaurantes Comunitários de Planaltina (dia 18) e de Samambaia (dia 25). A campanha ocorre para comemorar o Dia Mundial da Alimentação, 16 de outubro.

Após cada almoço, haverá distribuição de 600 mudas de hortaliças e de 115 árvores frutíferas em cada região administrativa. Os alimentos serão preparados pelos chefs Carlos Augusto, da Embaixada de Angola; Flávia Simone Guilarducci, consultora de gastronomia e ex-chef de restaurantes na Finlândia; Gustavo Maragna, professor de gastronomia; e Marcos Lelis (foto no alto), professor de gastronomia.

Oficinas de gastronomia e de sustentabilidade
Para promover hábitos saudáveis e capacitar profissionais, também haverá oficinas gratuitas, nos restaurantes comunitários, para os moradores das três regiões administrativas. A Secretaria do Trabalho vai oferecer aulas de cozinha básica, de cozinha infantil, de papel reciclado e de pães artesanais. A expectativa é que, ao todo, 180 pessoas participem dos cursos.

 





 

COMENTE

coma bem viva bem