*
 

A Câmara Legislativa aguarda notificação judicial para cumprir a decisão do Conselho Especial do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Nesta terça (18/10), a Corte manteve o afastamento da deputada Celina Leão (PPS) da presidência da Câmara Legislativa e permitiu o retorno de Raimundo Ribeiro (PPS) ao cargo de 1º secretário.

Embora o recurso julgado nesta tarde fosse apenas de Celina e de Ribeiro, a decisão do TJDFT acarretou o retorno de Julio Cesar (PRB) e Bispo Renato Andrade (PR), respectivamente, à 2ª e à 3ª Secretaria. Juarezão se mantém na presidência. E, como Liliane Roriz (PTB) deixou a vice-presidência em agosto, o cargo continuará vago.

Dessa forma, Agaciel Maia (PR), Lira (PHS) e Rodrigo Delmasso (PTN) deixam, respectivamente, a 1ª, a 2ª e a 3ª Secretarias.

Não serão realizadas novas eleições no momento. De acordo com o Regimento Interno da Casa, em caso de afastamento de algum membro da Mesa, não é feito pleito extraordinário se houver eleições em prazo menor do que 90 dias. Como as votações para a nova Mesa Diretora estão previstas para ocorrer até 15 de dezembro, a Mesa permanecerá com a configuração atual até lá.

Efeito-cascata
A volta dos titulares da Mesa deve implicar a exoneração dos servidores designados pelos interinos. “Não vou fazer acordo para manter ninguém da equipe do meu suplente. Nós fomos eleitos, apesar de Delmasso ser muito competente. Assim que a Casa for comunicada, eu reassumo”, afirmou.

Raimundo Ribeiro também comentou a decisão. “Da mesma forma que, no mesmo instante que a Justiça me afastou eu saí, eu também reassumo a 1ª Secretaria. Agora, vou continuar cuidando da área de recursos humanos da Casa. O Tribunal de Justiça só mostrou que não há evidências contra nós”, disse.

Como fica a Mesa Diretora
Presidente – Juarezão (PSB)
1° secretário – Raimundo Ribeiro (PPS)
2° secretário – Julio César (PRB)
3° secretário – Bispo Renato Andrade (PR)

 

 

COMENTE

Câmara Legislativa do DFdeputados distritaisCelina LeãoJulio CesarBispo renatoRaimundo ribeiro
comunicar erro à redação