*
 

Uma estudante, que preferiu não se identificar, afirma que um homem entrou dentro do banheiro que estava no bar Companheiros, na 414 Sul. O fato teria acontecido na tarde dessa quarta-feira (7/9). Segundo ela, o banheiro do estabelecimento tem duas portas, uma para os usuários, por onde a jovem teria entrado, e uma outra que daria para a casa dos donos e funcionários do local. Essa outra entrada teria sido usada por um homem que a surpreendeu.

A mulher conta que ao ver o homem no banheiro saiu correndo do local. Nesse momento, o namorado e os amigos — que estavam com ela no bar — chamaram a polícia. Mas foi aí que a confusão de fato começou.

“Os donos do lugar disseram que ela tinha inventado a história. Não fizeram nenhuma menção de olhar no apartamento que dá acesso ao banheiro para ver se tinha alguém. Um garçom estressadinho começou a avançar para cima dela. Foi então que surgiu um homem com um copo na mão e, covardemente, quebrou no rosto do namorado dela e saiu correndo”, declarou uma testemunha que estava no local no momento da confusão.

Procurada pela reportagem, Valdirene Costa, uma das proprietárias do estabelecimento, afirmou que não havia ninguém dentro do banheiro, que as filmagens comprovariam isso e que, “na verdade, o grupo já chegou querendo arrumar confusão”. Questionada sobre a segunda porta no banheiro, ela declarou que fica sempre trancada.

Já a Polícia Militar disse não ter conhecimento do caso. Os envolvidos, no entanto, afirmaram que registraram um boletim de ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia, na Asa Sul. As investigações ainda não começaram.

 

 

COMENTE

Abuso sexualAsa Sulbar
comunicar erro à redação