*
 

A 8ª Delegacia de Polícia (SIA) investiga as circunstâncias em foi deixado no Lixão um feto do sexo feminino, com tempo de gestação aproximado de sete meses. Os agentes foram acionados pelo encarregado da GSI, empresa que faz a segurança do aterro sanitário, localizado na Estrutural.

Segundo informações da Polícia Civil, o feto foi encontrado por volta das 9h de sexta-feira (2/9). Como o lixo já havia sido misturado, ainda não é possível saber a origem do corpo.

Foi realizada perícia para apurar se procedem as suspeitas de que o feto tinha microcefalia (doença em que a cabeça e o cérebro são menores que o normal, prejudicando o desenvolvimento mental) e colher pistas que possam levar a quem o descartou.

As investigações vão revelar, também, se o feto foi abandonado com vida ou natimorto. As análises podem ajudar a indicar, ainda, de onde o corpo veio e a identidade da mãe. (Com informações da PCDF)

 

 

 

COMENTE

Estruturallixãofeto
comunicar erro à redação