Morte da rainha fez Harry e Meghan tomarem decisão importante

O casal decidiu adiar o lançamento de um documentário após o falecimento da monarca, no dia 8 deste mês

atualizado 30/09/2022 18:23

Foto colorida. Homem ruivo branco ao lado de uma mulher parda Samir Hussein/Samir Hussein/WireImage/Getty Images

Após a morte da rainha no dia 8 deste mês, o príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle, negociaram com a Nettflix para adiar o lançamento da série documental que lançarão pela plataforma. Eles também pretendem fazer algumas edições antes da produção estrear no streaming.

O casal deseja atenuar alguns relatos sobre a família real que teriam feito nas gravações da série. Segundo fontes, a preocupação com o conteúdo do documentário surgiu após os dois passarem um tempo com a família depois da morte de Elizabeth.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

Harry e Meghan planejam minimizar declarações sobre o rei Charles, Camilla, William e Kate. O intuito das mudanças é mostrar a relação do duque e da duquesa de Sussex com a família real sob uma perspectiva mais gentil.

De acordo com um especialista em realeza ouvido pelo jornal The Sun, outro motivo para decisão dos Sussex seria o medo de exclusão da família. O casal foi rebaixado para a parte inferior do site oficial da realeza esta semana, ficando acima, apenas, do príncipe Andrew, que já se envolveu em um escândalo sexual, entre outras polêmicas.

“Harry e Meghan devem estar preocupados com o fato de estarem lentamente sendo retirados da imagem real”, explicou o biógrafo real Phil Dampier à publicação. “O rei Charles parece hesitar em conceder títulos de príncipe e princesa a Archie e Lilibet [filhos do casal], e o fato de terem sido ‘rebaixados’ no site do Palácio é outro indicador de que eles não são vistos como membros da realeza trabalhadora”, acrescentou Dampier.

Uma fonte de Hollywood afirmou ao Page Six que o duque e a duquesa negociam adiar a estreia do documentário para 2023. “Muitas conversas estão acontecendo. Ouvi dizer que Harry e Meghan querem que a série seja realizada até o próximo ano, eles querem parar”, disse.

No entanto, um informante da Netflix alegou que a plataforma de streaming estaria relutante em aceitar o pedido do casal. “A Netflix está ansiosa para ter o programa pronto para ser transmitido em dezembro. Há muita pressão sobre o Ted Sarandos (CEO da Netflix) para terminar este show.”

Mais lidas
Últimas notícias