Canadá autoriza uso de vacina Pfizer em adolescentes de 12 a 15 anos

Testes clínicos feitos pela empresa demonstraram a segurança e eficácia do imunizante contra Covid-19 para esta faixa etária

atualizado 05/05/2021 16:08

vacina pfizer começa a vacinar os americanos na segunda dia 14Nicolas Economou/NurPhoto via Getty Images

O Canadá autorizou, nesta quarta-feira (5/5), a aplicação de vacinas da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 em adolescentes de 12 a 15 anos. O país se torna o primeiro a permitir o uso emergencial do imunizante nesta faixa etária. Até então, apenas pessoas com 16 anos ou mais poderiam ser vacinadas.

A medida atende ao pedido da farmacêutica norte-americana, que concluiu no fim de março os testes clínico com um grupo de 2.260 adolescentes. No estudo, a vacina mostrou 100% de eficácia na prevenção da Covid-19, sem efeitos colaterais significativos.

“Esta é a primeira vacina autorizada no Canadá para a prevenção de Covid-19 em crianças e representa um marco significativo na luta do país contra a pandemia”, disse a conselheira-chefe da Agência de Saúde Pública do Canadá, Supriya Sharma.

A médica explicou que, embora as pessoas mais jovens tenham menos probabilidade de apresentar casos graves de Covid-19, o acesso a uma vacina segura e eficaz ajudará no controle da disseminação da doença.

“Depois de concluir uma revisão científica completa e independente das evidências, o departamento determinou que esta vacina é segura e eficaz quando usada nesse grupo de idade mais jovem”, acrescentou Supriya Sharma.

A agência Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês), equivalente à Anvisa nos EUA, deve seguir o exemplo do país vizinho e permitir também a imunização de pessoas a partir dos 12 anos na próxima semana, como noticiou o jornal The New York Times.

Saiba como as vacinas contra Covid-19 atuam:

0

 

Últimas notícias