Três pessoas são mortas por causa de música em casamento

Caso ocorreu no Afeganistão. Suspeitos teriam se identificado como do Talibã. Duas pessoas foram presas e uma está solta

atualizado 30/10/2021 22:41

Soldados do Talibã tomam conta do AfeganistãoGetty Images

Três pessoas foram mortas por homens que se apresentaram como do Talibã em Sorkhood, na província de Nangarhar, no leste do Afeganistão, por causa da música tocada em um casamento.

Uma testemunha contou, segundo registro da agência de notícias AFP, que os jovens tocavam música em uma sala separada quando “três talibãs vieram e atiraram neles”.

O governo do Talibã negou, no entanto, que os acusados estivessem agindo em nome do movimento islâmico.

“Dois suspeitos foram presos pelo Talibã em conexão com o incidente e um, que escapou, ainda está sendo perseguido”, afirmou neste sábado (30/10) o porta-voz do governo, Zabihullah Mujahid, segundo o jornal inglês The Guardian.

A chamada música secular era proibida no primeiro governo do Talibã no Afeganistão, entre 1996 a 2001. O novo governo ainda não emitiu decreto sobre o assunto.

0

Mais lidas
Últimas notícias