Lutadores brasilienses têm saldo positivo no UFC Brasília

Renato Moicano e Francisco Massaranduba vencem, enquanto Rani Yahya fica no empate neste sábado

atualizado 14/03/2020 21:46

Os lutadores brasilienses tiveram motivos para comemorar na noite deste sábado (14/03). Dos três lutadores que subiram ao octógono no UFC Brasília, dois venceram, enquanto Rani Yahya ficou no empate com o peruano Enrique Barzola.

O primeiro atleta da cidade a subir no octógono foi justamente Yahya. Em uma luta movimentada, em que o brasiliense começou melhor, Barzola melhorou o rendimento no segundo round. Ao final dos 15 minutos, um dos árbitros laterais chegou a dar o triunfo para o peruano. Os outros dois, entretanto, marcaram empate e garantiram a igualdade. Foi o primeiro empate na carreira de Yahya e o segundo no cartel de Barzola.

Identificado com o MMA de Brasília por ter treinado na capital durante grande parte da carreira, o piauiense Francisco Trinaldo, o Massaranduba, foi o primeiro atleta da cidade a vencer. Ele teve um duro combate diante do canadense John Makdessi. Seguro, o lutador brasileiro conseguiu conter o ímpeto do adversário durante toda a luta para conquistar o triunfo na decisão unânime dos árbitros laterais.

Quem fez bonito foi Renato Moicano. Na estreia dele nos pesos leves, ele demorou apenas 44 segundos para finalizar o bósnio Damir Hadzovic com um mata-leão ainda no primeiro round. O triunfo de Moicano, aliás, foi o primeiro da noite por finalização ou nocaute.

“A torcida fez muita falta. Eu nasci em Brasília, cresci em Brasília e gostaria de ser coroado como o lutador que eu sou aqui em Brasília”, lamentou Moicano após a vitória, sobre a disputa do UFC Brasília ter sido realizada com portões fechados.

 

Vídeos
Últimas notícias