UPAs do DF voltarão a receber verba do Ministério da Saúde

De acordo com a Secretaria de Saúde, os repasses estavam suspensos desde 2017. Serão R$ 500 mil a cada mês

Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 12/07/2019 19:47

Em até 90 dias, as seis unidades de pronto atendimento (UPAs) do Distrito Federal poderão receber verba mensal de R$ 500 mil do Ministério da Saúde. A informação foi divulgada pelo diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), Francisco Araújo, durante o balanço dos seis primeiros meses da área de saúde durante a gestão do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), apresentado nesta sexta-feira (12/07/2019).

As unidades contempladas serão as de São Sebastião, Recanto das Emas, Samambaia, Núcleo Bandeirante, Ceilândia e Sobradinho. De acordo com o Iges-DF, o ministério concedia o benefício ao Governo do Distrito Federal (GDF), mas, em 2017, a verba foi cortada. A suspensão ocorreu porque, para receber o valor, as unidades precisam atender uma série de requisitos básicos. No protocolo estão infraestrutura de qualidade, com banheiros em bom estado e ar-condicionado, por exemplo.

A assessoria de imprensa do Iges-DF informou que, agora, as UPAs voltaram a atender o protocolo exigido pelo Ministério da Saúde. Por isso, a verba voltará a ser concedida. O GDF ainda receberá cerca de R$ 3 milhões para as seis novas unidades.

Além da novidade sobre a verba federal repassada para as UPAs, a Secretaria de Saúde apresentou dados sobre o primeiro semestre de gestão. Foram investidos R$ 3,1 bilhões em contratos, pagamento de pessoal e serviços. Apesar do cenário de superlotação visto em diversos hospitais do Distrito Federal neste ano, o secretário da pasta temática, Osnei Okumoto, avalia o período de forma positiva.

“Dentro de um período de seis meses, conseguimos promover muitas alterações. Estamos mudando o comportamento de trabalho na rede.” Entre os números apresentados, 31,1 mil cirurgias realizadas no período em todas os 14 hospitais do DF.

Últimas notícias