Os bastidores da cobertura policial de um jeito que você nunca viu

Surto de gripe e Covid faz Justiça suspender visitas à Papuda até 31/1

As visitas no Complexo Penitenciário da Papuda estão suspensas a partir desta terça-feira (11/1). Após fim do prazo, medida será reavaliada

atualizado 11/01/2022 9:08

PapudaGláucio Dettmar/ag.CNJ

As visitas no Complexo Penitenciário da Papuda estão suspensas a partir desta terça-feira (11/1) e até 31 de janeiro. A decisão é da juíza titular da Vara de Execuções Penais (VEP), Leila Cury. Em documento assinado nessa segunda-feira (10/1), a magistrada defende que é necessário conter o surto da Covid-19 e influenza nas unidades prisionais.

Na decisão, Leila Cury cita que os mais variados órgãos têm suspendido as atividades presenciais, postergando-as pelo menos até o fim de janeiro para evitar nova pandemia, internações e óbitos.

0

“O sistema prisional, enquanto macrossistema da sociedade, dela não pode se afastar, motivo pelo qual não há como proceder de forma diferente, sob pena de colocar em risco a saúde das pessoas presas”, ressalta a juíza.

A magistrada acrescenta que “não há como realizar as visitas marcadas para esta semana no sistema prisional sob pena de expor a riscos as pessoas presas, que, devido à periodicidade, receberia seus visitantes, inclusive com contato físico.”

A entrega dos alimentos e do dinheiro, entretanto, segue liberada. Ao término do prazo, em 31 de janeiro, a Justiça fará uma nova análise sobre o tema de acordo com o cenário e após prévio relatório da equipe de saúde e manifestação do Ministério Público e Defensoria Pública.

Mais lidas
Últimas notícias