Mortes por Covid-19 no DF caem pela 3ª semana e atingem números de junho

Foram 135 óbitos entre os dias 20 e 26 de setembro. Na semana imediatamente anterior (de 13 a 19/9), chegou a 165

atualizado 28/09/2020 17:01

Arte/Metrópoles

O Distrito Federal voltou a registrar queda na última semana epidemiológica, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde. Os números, analisados pelo (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, mostram que os registros de óbitos sofreram redução de 18,1% quando comparados à semana imediatamente anterior, chegando ao patamar contabilizado no final de junho.

Foram 135 óbitos entre os dias 20 e 26 de setembro. Na semana imediatamente anterior (de 13 a 19/9), o DF havia contabilizado 165 mortes.

Há quase quatro meses, a capital do país passou de uma escalada do número de óbitos por Covid-19 a uma estabilização nas alturas. Agora, contabiliza queda.

Na primeira semana de junho, 46 pessoas morreram em decorrência de complicações pela doença. Uma semana depois, o número saltou para 85. E, em mais sete dias, já eram 111 vítimas.

O ritmo de fatalidades aumentou nos períodos seguintes (133 e 134 casos), se estabilizou por cinco semanas (com média de 30 mortes por dia) e, há quatro, chegou ao pico, contabilizando 299 óbitos. Logo depois, na 35ª semana epidemiológica, apresentou queda (193 vítimas), mas voltou a crescer, computando 250 vidas perdidas. Sete dias depois, caiu para 183, depois reduziu para 165 e chegou a 135.

Em relação às infecções, os índices caíram. No DF, passaram de 7.450 na semana imediatamente anterior para 5.512, queda de 26%.

Veja gráficos:

Últimas notícias