Promotor investiga fraude em conselho que fiscaliza merenda de Valparaíso

Ministério Público apura suspeita de falsificação de documentos; recurso federal do FNDE pode ser bloqueado

atualizado 02/06/2020 22:52

O promotor de Justiça Daniel Naiff da Fonseca determinou a instauração de procedimento administrativo para investigar o Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Valparaíso (GO), no Entorno do Distrito Federal.

O pente-fino do Ministério Público de Goiás (MPGO) vai durar um ano, a princípio, mas há possibilidade de prorrogação.

O MPGO recebeu a denúncia de que teria havido irregularidades na fiscalização do uso da verba federal para alimentação nas escolas entre 2017 e 2020, inclusive com a produção de documentos falsificados.

A matéria completa pode ser lida no site Mais Goias, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias