DF: veja onde ficarão os ônibus do Entorno a partir de domingo

Embarque e desembarque deixam o prédio do Touring e, a partir do fim de semana, ficarão na Plataforma D da Rodoviária do Plano Piloto

atualizado 03/01/2020 16:54

Daniel Ferreira/Metrópoles

Com o fechamento do prédio do Touring, o embarque e o desembarque dos ônibus que atendem o Entorno do Distrito Federal serão transferidos. A operação será novamente realizada na Rodoviária do Plano Piloto a partir de domingo (05/01/2020).

A alteração será feita pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a pedido do GDF. O serviço de transporte coletivo semiurbano de passageiros do Distrito Federal/Goiás, agora, ocupará os boxes na Plataforma D da Rodoviária do Plano Piloto.

Desse modo, alguns locais dos ônibus do DF também mudarão de lugar. Entretanto, a maioria das linhas não sofrerá nenhuma modificação.

As informações detalhadas estão disponíveis para consultas nos guichês de informações das operadoras, além dos totens da Rodoviária e cartazes afixados no terminal com o mapa de ocupação das plataformas e dos boxes.

Confira os novos locais de embarque e desembarque dos ônibus do Entorno:

ANTT/Divulgação

ANTT/Divulgação

São 200 mil passageiros atendidos por dia pelo serviço, que envolve sete empresas e um total de 110 linhas que se destinam a 11 cidades do Entorno do DF. Com a mudança de local, a maioria dos usuários não precisará mais atravessar o Eixo Monumental.

Há cinco anos, o transporte interestadual semiurbano funcionava na Rodoviária do Plano Piloto. Em março de 2014, houve necessidade de reforma no prédio para receber os ônibus do Expresso DF Sul, o BRT do Gama e de Santa Maria.

De início, os passageiros do entorno passaram a pegar os ônibus na plataforma superior da Rodoviária do Plano Piloto. Entretanto, logo em seguida, no mês de junho, o GDF providenciou o Touring para receber os ônibus das linhas semiurbanas.

O Touring

O prédio do Touring foi alugado pelo GDF em 4 de junho de 2014. O contrato se expirou em 8 de dezembro de 2018 e, desde então, o GDF ocupava o prédio mediante requisição administrativa.

Agora, o Touring Club — edifício assinado por Oscar Niemeyer e tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural — vai abrigar o Museu do Futuro.

A ideia é proporcionar um espaço de aprendizado que conecta inovação e arte. Exposições e instalações visarão despertar o interesse do público na ciência. A expectativa é de que o projeto fique pronto em 2022. (Com informações da assessoria de comunicação da ANTT)

Últimas notícias