Cães Yorkshire são salvos em incêndio na Asa Sul

Fogo tomou conta de apartamento na 410 Sul, na tarde desta sexta-feira (06/09/2019), e quatro pets foram resgatados pelos bombeiros

CBMDF/DivulgaçãoCBMDF/Divulgação

atualizado 06/09/2019 18:26

Cinco viaturas e 20 profissionais do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foram deslocados para atender a um chamado de incêndio. O incidente ocorreu em um apartamento do bloco K da SQS 410. O alerta chegou às equipes do Grupamento de Busca e Salvamento e do 15º Grupamento de Bombeiro Militar às 14h27 desta sexta-feira (06/09/2019).

Não houve vítimas humanas, mas os bombeiros conseguiram salvar quatro cães da raça Yorkshire. Dos quatro animais, dois eram adultos e dois, filhotes. Pelos relatos do proprietário do apartamento, o incidente começou quando ele deixou um aquecedor de água por resistência elétrica (mergulhão) em um balde com água.

O líquido ferveu e secou. Assim, é provável que, a partir daí, o fogo tenha se iniciado e se propagado para outros móveis e dependências. De acordo com o relato do morador, o incêndio teria começado na área de serviço. O local, a cozinha e a sala foram parcialmente queimados.

Quem começou a combater o fogo foi o cabo do Exército Fábio Erik Pereira. Ele disse aos bombeiros ter recebido treinamento da própria força no mês passado. Depois da primeira ação do militar, o pessoal do CBMDF utilizou os sistemas de proteção do próprio edifício para concluir o serviço. A perícia do Corpo de Bombeiros foi acionada e, em até 30 dias, se pronunciará sobre a causa real do incêndio. (Com informações da assessoria de imprensa do CBMDF)

Veja fotos do incêndio:

Veja vídeos do incidente:

 

Confira as dicas dos bombeiros contra incêndios:

– Controlar fontes de ignição;
– Não sobrecarregar tomadas;
– Monitorar aparelhos que estejam recarregando baterias (celulares, notebooks, power banks e outros), não os deixando sobre superfícies que se inflamem facilmente e desconectando-os caso vá se ausentar;
– Desligar a rede elétrica e de gás em caso de ausências prolongadas;
– Sempre desligar os queimadores do fogão, por menor que seja a ausência;
– Manter, em caso de ausência, as portas internas (quartos, banheiros, guarda-roupas, etc) fechadas, para que em caso de incêndio haja uma compartimentação do fogo;
Aos síndicos:
– Repassar orientações de prevenção aos moradores e funcionários;
– Manter sempre em condições de uso os sistemas de proteção contra incêndio do prédio (alarme, iluminação, hidrantes, extintores, para-ráios);
– Não permitir obstruções nas rotas de fuga (saídas de emergência);
– Em casos de princípios de incêndio, acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193

 

Últimas notícias