Exame para coronavírus no DF

Brasil terá, em até 4 dias, 1% da população diagnosticada com Covid-19

Se mantivermos a média da última semana, o Brasil será o quarto país com mais de 10 milhões de habitantes a alcançar a marca

atualizado 16/07/2020 7:17

Exame para coronavírus no DFHUGO BARRETO/METRÓPOLES

De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na noite dessa quarta-feira (15/7), o Brasil contabilizou até agora 1.966.748 infectados pelo novo coronavírus. O número coloca o país perto de se igualar ao Peru, Chile e Estados Unidos e ser o quarto do mundo, dos que possuem mais de 10 milhões de habitantes, a ter 1% da população diagnosticada com Covid-19.

Se as estatísticas seguirem a tendência da última semana epidemiológica, entre 5 e 11 de junho, a marca será alcançada em até 4 dias. A previsão leva em conta que, nesse período, o Brasil contabilizou uma média de 37 mil resultados positivos a cada 24 horas.

Os números são do Our World in Data, projeto de pesquisadores da Universidade de Oxford sobre o avanço do novo coronavírus no mundo, e foram analisados pelo (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles.

No Chile, a porcentagem chegou a 1,6%. Logo Depois, EUA e Peru fecham o pódio, com 1,03% e 1,01%, respectivamente.

No entanto, o número de testes feitos nesses países é bem superior ao do Brasil. Enquanto por aqui foram feitos, em média, 21,5 mil exames por milhão de habitantes, no Peru, por exemplo, são 59,5 mil.

Veja gráfico:

 

 

Últimas notícias