Dicas de exercícios e alimentação para viver uma vida saudável e sem neura

Conheça formas diferentes de realizar treinos HIIT

É importante entender que quanto mais longo for o tempo total, menor será a intensidade, pois ambos são inversamente proporcionais

atualizado 01/10/2018 11:21

Istock

Muito tem se falado no treino de alta intensidade (HIIT). Para quem não conhece, ele consiste em intercalar exercícios de tiros com períodos de alta intensidade seguidos de baixa.

Existem diversos protocolos para esse treinamento. Porém, é importante entender que quanto mais longo for o tempo total do exercício, menor será a intensidade, pois ambos são inversamente proporcionais.

Confira algumas formas de realizar o treino:

1. Bartlett (2011) utilizou o protocolo de seis tiros de 3 minutos, sendo 3 fortes com 3 de recuperação, totalizando 36 minutos.

2. Já Little (2011) utilizou o protocolo de 10 tiros de 1 minuto, sendo 1 de estimulo forte e 1 de recuperação, totalizando 20 minutos.

3. Um dos mais famosos protocolos do HIIT é o Tabata. Ele consiste em oito tiros de 20 segundos de alta intensidade, seguido de 10 de recuperação. Quatro minutos de treino.

4. Os HIIT mais longos parecem melhorar mais a capacidade aeróbica e também têm um maior gasto calórico total. Os curtos parecem apresentar um efeito semelhante aos treinos aeróbios tradicionais. (Baekkerud, 2016).

5. Outro detalhe importante é que o efeito EPOC (gasto calórico após a atividade) é maior nos HIIT mais curtos e menor nos mais longos (Wesley, 2016).

Portanto, se o objetivo é o emagrecimento, é interessante escolher um protocolo mais intenso e, consequentemente, mais curto.

Procure um profissional para te orientar. É importante analisar o perfil e o objetivo de cada um para escolher o melhor protocolo.

Mais lidas
Últimas notícias