Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Análise. Desafeto, Mourão segue entrave para impeachment de Bolsonaro

Posições de Mourão contra Bolsonaro criam uma imagem positiva dele, mas não o suficiente para que congressistas embarquem em um impeachment

atualizado 27/07/2021 20:06

Vice-presidente Hamilton Mourão ao lado do presidente Jair BolsonaroRafaela Felicciano/Metrópoles

Jair Bolsonaro disse, nessa segunda-feira (26/07), que o vice-presidente Hamilton Mourão “atrapalha um pouco” e é “como um cunhado”, “tem que aturar”. O presidente externou mais uma vez a tensão permanente que tem com seu vice desde o início do governo. Mas Bolsonaro deveria ser grato a Mourão, conforme explico neste Diagnóstico.

Analiso a relação dos dois principais chefes do Executivo e como Mourão, de certa forma, impede o avanço do impeachment do Bolsonaro.

Todas as demarcações que Mourão faz contra a forma como Bolsonaro se comporta e está gerindo o país criam uma imagem positiva dele, mas não o suficiente para que os congressistas confirme nele e embarquem em um impeachment.

Assista à íntegra da análise abaixo.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna