Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

TJDFT autoriza audiências e sessões presenciais a partir de janeiro

O tribunal publicou, nesta quarta-feira (24/11), uma portaria na qual afrouxa algumas regras impostas em função da pandemia da Covid-19

atualizado 24/11/2021 14:03

Prédio do TJDFTRafaela Felicciano/Metrópoles

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) autorizou a retomada das audiências e sessões presenciais nas unidades judiciárias, a partir de 7 de janeiro de 2022.

Em portaria publicada nesta quarta-feira (24/11), o órgão libera as atividades in loco, mas pondera que as audiências e sessões on-line podem continuar sendo realizadas, a critério dos magistrados.

TJDFT autoriza volta à escala presencial dos servidores do grupo de risco, após vacinação

Justiça autoriza servidor do GDF vacinado a permanecer em teletrabalho

0

O texto também autoriza o ingresso do público externo nos edifícios do TJDFT. Em função da pandemia de Covid-19, a entrada nas unidades estava restrita.

Advogados de Brasília têm reclamado de dificuldade para conversar com juízes e desembargadores. Nesta quarta, o TJDFT trouxe uma mudança que deve facilitar a retomada do diálogo: os magistrados vão realizar o atendimento dos advogados por meio telepresencial ou presencial, a seu critério, mantido o sistema eletrônico de agendamento.

Todas as regras passam a valer a partir de 7 de janeiro de 2022.

Mais lidas
Últimas notícias