Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Maria Paula Fidalgo comemora 50 anos com websérie em homenagem a Brasília

Brasiliense de corpo e alma, Maria Paula produziu um documentário com relatos de personalidades que fizeram e fazem Brasília acontecer

atualizado 27/12/2020 9:10

Maria Paula FidalgoJacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

A capital brasileira comemorou 60 anos em 21 de abril. O parabéns não ficou restrito à data de aniversário. Em um ano especial para Brasília, a atriz, escritora e Embaixadora da Paz Maria Paula Fidalgo decidiu homenagear a terra natal próximo da chegada de seus 50 anos. “Filha da cidade”, ela festejou o cinquentenário no dia 29 de novembro e uniu as duas comemorações em um projeto batizado de Memórias de Brasília 60 anos.

Ao estilo do “aniversário é seu, mas quem ganha o presente somos nós”, Maria Paula produziu um documentário com o relato de personalidades que fizeram e fazem Brasília acontecer. Quatro episódios compõem a websérie (assista clicando neste link). No primeiro, a Embaixadora da Paz conversa com o próprio pai, Wilson Fidalgo. “Começamos falando das minhas raízes”, entrega a atriz em bate-papo com a coluna Claudia Meireles.

Margarete Malvar Mendonça, Maria Paula Fidalgo, Cyro Fidalgo, Wilson Fidalgo e Gilka Fidalgo
Margarete Malvar Mendonça, Maria Paula Fidalgo, Cyro Fidalgo, Wilson Fidalgo e Gilka Fidalgo

Por conta da pandemia, Maria Paula gravou com as personalidades escolhidas a dedo por meio de videochamadas. No segundo episódio, a atriz e escritora traz Betty Bettiol, considerada uma das artistas plásticas mais importantes do cenário local. Na entrevista para lá de descontraída, a pioneira da capital revelou ser apaixonada por aviões, inclusive ama observar Brasília do alto.

“Nossa Brasília, vista de cima, é qualquer coisa de assombroso, porque é linda. Você chega de avião e vê a cidade, vê o final da pista do aeroporto, mas com um avião pequenininho pode passear sobre a cidade. É de uma arquitetura, uma beleza que não tem igual. Os prédios todos arrumadinhos, quadradinhos, as superquadras, o Lago Paranoá… Muito bonito”, contou Betty durante a videochamada.

Confira o segundo episódio no vídeo abaixo:

Ainda na “caixa de homenagens” (como Maria Paula definiu a websérie), a Embaixadora da Paz bate um papo com o maestro Claudio Cohen. Ele é o regente da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro. Em abril, o grupo musical preparou um vídeo inédito com melodias relacionadas à história da capital. Filho da primeira geração de Brasília, o maestro tem fascínio pelo Lago Paranoá.

No último – e não menos importante – episódio, a atriz conversa com Maria Estela Kubitschek, filha de Juscelino Kubitschek. A arquiteta e política falou sobre os sonhos do pai para a capital federal. “São depoimentos extremamente emocionantes e maravilhosos”, ressalta a idealizadora do Memórias de Brasília 60 anos. Em cada entrevista, Maria Paula descobriu mais curiosidades sobre a cidade que tanto ama.

“Eu uni os 60 anos de Brasília aos 50 anos de MP [Maria Paula]. Achei que fosse uma boa época de lançar o projeto”, disse a escritora à coluna. De alma e coração brasiliense, Maria Paula costuma dizer em entrevistas que se acha sortuda por ter nascido em Brasília. Uma das qualidades da capital que a fascina é o céu “mais maravilhoso do mundo”, conforme descreve.

Maria Paula Fidalgo
Maria Paula é Embaixadora da Paz
“Filha de Brasília”

Maria Paula Fidalgo é Embaixadora da Paz. Detentora do título, a brasiliense tem por objetivo promover uma cultura de paz, respeito e harmonia na sociedade. Focada no trabalho humanitário, a ativista graduou-se em psicologia e, anos depois, tornou-se figurinha carimbada nas telinhas. Dentre seus trabalhos mais famosos, está o Casseta & Planeta, Urgente!. Ela ficou no programa de 1994 até 2010.

A ativista também apoia pautas como o incentivo ao aleitamento materno. Ela é mãe de dois filhos, Maria Luiza e Felipe. Além dos papéis à frente das câmeras, Maria Paula Fidalgo assumiu o ofício de escritora, com o livro Liberdade Crônica, lançado em 2011. Em entrevista ao programa Conversa com Bial, a brasiliense confessou que em breve outra publicação sairá do forno. A obra conta com a colaboração de seu namorado, o mestre de kung fu Leo Imamura.

Maria Paula Fidalgo
Maria Paula Fidalgo conduz os presentes para o hasteamento da bandeira da Embaixada da Paz em Brasília, em 2019

Aos interessados em assistir, os quatro episódios da websérie Memórias de Brasília 60 anos, produzida por Maria Paula Fidalgo, estão no seguinte link, clique aqui.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias