*
 
 

Possível candidato ao GDF pelo PR, o médico Jofran Frejat encarou com naturalidade o anúncio da pré-candidatura de dois possíveis aliados na corrida ao Palácio do Buriti. Tanto Alírio Neto (PTB) quanto Joe Valle (PDT) anunciaram a disposição de ocupar a principal cadeira do Distrito Federal. Em conversa com a coluna, no entanto, o ex-secretário de Saúde – um dos líderes nas pesquisas de intenção de voto – lamenta a divisão das siglas.

“Eles têm o direito à candidatura. Isso apenas impede uma possibilidade maior de união, mas não estou preocupado com isso. Estou preocupado com o futuro do DF, pois uma coisa é certa: quanto mais se racha o grupo, mais se dá força para o atual governador”, afirmou.

Frejat também disse não enxergar problema em abrir mão da possível candidatura caso outro nome desponte nas pesquisas de intenção de voto para o governo local. “Isso é muito prematuro ainda. Eu continuo cumprindo acordo com aliados, não faço política com o fígado”.

O ex-secretário de Saúde do Distrito Federal afirmou ainda que a disposição do general Paulo Chagas para trocar de partido na próxima quarta-feira (7/3) – ele deixará o PRP pelo PSL a pedido de Jair Bolsonaro – influenciará o cenário do jogo político local. “Se ele está apoiado pelo Bolsonaro, seguramente tem um cadeiral bom de votos. Não tenho problemas em conversar com ele também.”



 


Joe Valleeleições 2018Alírio NetoPalácio do Buritijofran frejatPaulo Chagas