*
 

O bloco Raparigueiros registrou uma ocorrência inusitada no cortejo desta terça-feira (13/2): um ladrão fugiu correndo após roubar o celular de um folião, mas tropeçou em uma lata, caiu e machucou a cabeça no chão. Após a trapalhada, o rapaz foi detido por policiais militares que acompanhava o grupo.

Por volta das 19h, algumas brigas isoladas ocorreram no Raparigueiros. A PM atuou rapidamente para dispersar os conflitos.

 

Segundo a Polícia Militar, por volta das 18h, 6 mil pessoas ocupavam o Eixo Monumental em volta dos blocos Raparigueiros e Baratona. No último domingo (11), 70 mil foliões desfilaram nos dois grupos, ao som da banda Patakundum e Trem das Cores.

Um homem foi preso, por volta das 19h de domingo (11), no bloco Baratona. Ele portava uma faca quando foi abordado por policiais. A Polícia Militar encaminhou o suspeito para a 5ª Delegacia de Polícia (Área Central). No entanto, poucos minutos depois, o rapaz já estava novamente na rua.

Até criança esfaqueada
Ainda no domingo (11), um jovem de 19 anos foi esfaqueado às 21h30, na altura do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, próximo aos blocos Raparigueiros e Baratona. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran).

Houve outros três esfaqueamentos durante a dispersão, por volta das 23h30, perto da Rodoviária do Plano Piloto. Em uma das ocorrências, a vítima tinha 11 anos e estava desacompanhada; o Conselho Tutelar foi acionado para acompanhá-la. Em outra, a agressão foi a dois irmãos, de 17 e 20 anos. Eles foram levados ao Hran.

Colaborou Gabriel Foster