Rolou na 5ª: a pé, Bolsonaro faz visita ao STF; Regina Duarte dá piti na TV

Ministério da Saúde atualiza os números da Covid-19 no Brasil: são 9.146 mortes e 135.106 casos confirmados da doença

atualizado 07/05/2020 21:39

Rolou nesta quinta-feira (07/05): acompanhado do ministro da Economia, Paulo Guedes, empresários e vários seguranças, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu ir, a pé, até o Supremo Tribunal Federal (STF).

O encontro não constava na agenda de Bolsonaro, pois foi marcado de última hora. Ele reuniu-se com o presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli.

Segundo Guedes, foi uma visita de cortesia: “Cerca de 45% do PIB veio aqui mostrar que a economia brasileira está preservando seus sinais vitais, mas a crise está refletindo o que está acontecendo em cada setor”, explicou.

Também nesta quinta, a atriz e secretária especial de Cultura, Regina Duarte, deu um piti na TV CNN. Ela concedia uma entrevista quando os apresentadores do programa puseram no ar um vídeo no qual a atriz Maitê Proença critica duramente o que avalia como “falta de ação” do governo Jair Bolsonaro e da ex-colega de Rede Globo.

Quando acabou a fala de Maitê, Regina começou a reclamar dos apresentadores em São Paulo. Para a âncora Daniela Lima, que tentava explicar o contexto do vídeo da atriz, a secretária esbravejou: “Quem é você que está desenterrando uma fala da Maitê, quem é você? Eu tive que dar um chilique aqui”.

Ainda reclamou do entrevistador, Daniel Adjuto: “Isso não foi combinado. O combinado foi uma entrevista com você”. Na mesma ocasião, Regina já havia minimizado a ditadura, ao dizer que “sempre houve tortura”. “Ficar cobrando coisas que aconteceram nos anos 1960, 1970, 1980… Gente, é para frente que se olha”, disse.

Veja outras notícias desta quinta:

Últimas notícias