Ceará: Exército passa a fazer policiamento para conter violência

Tropas federais no estado foram reforçadas neste sábado. Já há 2,5 mil soldados em Fortaleza, além de homens da Força Nacional, PF e PRF

atualizado 22/02/2020 20:07

As tropas do Exército que chegaram a Fortaleza durante o fim de semana passarão a exercer poder de polícia neste domingo (23/02/2020) para combater a violência que fez explodirem as estatísticas de homicídio no estado. Foram 88 homicídios desde a última quarta-feira (19/02/2020).

O comandante da 10ª Região Militar do Ceará, Fernando da Cunha Mattos, afirmou neste sábado (22/02/2020) ao portal G1 que o início da operação de Garantia da Lei e da Ordem no Ceará foi “inicialmente insuficiente” e que mais tropas foram mobilizadas.

A operação, batizada Mandacaru, foi reforçada e agora conta com 2,5 mil soldados do Exército, 150 agentes da Força Nacional de Segurança e 212 policiais rodoviários federais, além dos PMs cearenses que não aderiram ao movimento grevista e policiais civis.

A partir de domingo, as forças federais vão patrulhar as ruas, inclusive utilizando veículos blindados de grande porte. “Essa tropa, aí sim, ela vai começar a partir de amanhã as funções da Garantia da Lei a e da Ordem, o policiamento ostensivo. Quando o policiamento ostensivo está ausente ou limitado, obviamente a segurança pública de alguma maneira fica comprometida”, disse o comandante.

Últimas notícias