Mãe é presa suspeita de obrigar filha a traficar drogas em Goiânia

Polícia identificou a mulher depois de criança pedir socorro e afirmar que era obrigada a vender entorpecentes

atualizado 18/09/2021 13:59

Uma mulher de 37 anos foi presa em flagrante por suspeita de obrigar a filha, de 12, a vender drogas, em Goiânia. A menina pediu socorro à polícia afirmando que a mãe a obrigava a realizar o tráfico na cidade.

A mãe foi presa por uma equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), no Setor Estrela Dalva, na região noroeste de Goiânia, na quinta-feira (16/9), um dia depois de a menina denunciar o caso.

Os policiais civis averiguaram que a mulher tinha viajado para o estado do Pará, onde, conforme a investigação, provavelmente buscaria a droga. Assim que chegou em casa, a mãe foi abordada e, dentro de sua mala de viagem, a polícia encontrou porções de drogas.

Os investigadores suspeitam que a mulher iria, provavelmente , obrigar a filha a também vender as drogas que comprou no Pará.

A mulher é investigada pelos crimes de tráfico de drogas, maus-tratos e corrupção de menores. As penas somadas chegam a 20 anos de prisão. Ela foi levada para a delegacia e está à disposição da Justiça.

O Metrópoles não localizou a defesa da mãe, já que os nomes dela e da filha não foram divulgados, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Últimas notícias