Luziânia faz força-tarefa e campanha nas ruas para conter Covid-19

Cidade está na zona vermelha de contágio do coronavírus. Fiocruz encontrou variante do vírus no município

atualizado 20/02/2021 19:41

viatura corpo de bombeiros em luzianiaReprodução/Prefeitura Municipal de Luziânia

Na manhã deste sábado (20/2), uma força-tarefa foi formada para alertar e conscientizar a população de Luziânia (GO), cidade do Entorno do Distrito Federal, quanto ao alto índice de contaminação pelo novo coronavírus no município. A iniciativa teve a participação das secretarias municipais de Saúde e de Segurança Pública, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.

“Diante da sobrecarga dos serviços de saúde público e privado do município, e também do estado de Goiás, convocamos todas as pessoas a ficarem em casa e cumprirem todos os protocolos de prevenção e controle do combate à Covid-19”, dizia a mensagem propagada aos moradores em um carro de som.

Área vermelha

Luziânia registrou um número significativo de casos e a preocupação aumenta com a circulação da variante do Reino Unido na região. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cepa foi confirmada como uma das mais transmissíveis e a que mais gera ocupação de leitos em hospitais, além de aumentar a mortalidade.

De acordo com o mapa da pandemia, divulgado pela Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO), o Entorno está em situação de calamidade, ou seja, na área vermelha de contágio.

Nesse caso, o estado recomenda que os municípios interrompam todas as atividades, exceto as consideradas essenciais, como supermercados e congêneres, farmácias, postos de combustível e serviços de urgência e emergência em saúde.

De forma geral, a orientação é para que as medidas de biossegurança sejam cumpridas corretamente, como o uso de máscara o tempo todo, distanciamento físico, higienização das mãos e não participar de aglomerações.

Reunião

Na última sexta-feira (19/2), os prefeitos de Luziânia, Novo Gama, Cidade Ocidental e Valparaíso de Goiás discutiram a adoção de medidas mais restritivas para conter o avanço da Covid-19 na região. O grupo não descarta o lockdown – fechamento total das atividades nos municípios.

Na semana que vem, prefeitos de quatro municípios do Entorno devem se reunir com representantes do Ministério Público e com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), para decidir sobre as medidas a serem adotadas.

Ocupação

Segundo informações da Prefeitura de Luziânia, por meio das redes sociais, a taxa de ocupação de leitos municipais destinados a Covid-19, neste sábado (20/2), é de 70%. Dos 30 leitos, 22 estão ocupados. Já para os leitos de enfermaria, a taxa de ocupação é de 62%. Das 43 existentes, 27 estão com pacientes.

Veja: 

Na rede estadual, de acordo com o último boletim da SES-GO, atualizado às 13h, deste sábado, a taxa de ocupação dos leitos de UTI era de 93,04%. Já para enfermaria, era de 58,51%.

Últimas notícias