STJ manda soltar Edmar Santos, ex-secretário de Saúde do Rio

Ex-secretário de Saúde do Rio foi preso no dia 10 de julho, suspeito de fraudes na compra de respiradores para tratar pacientes com Covid-19

atualizado 06/08/2020 18:56

secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, testa positivo para o novo coronavírusreprodução: redes sociais

O ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), acolheu o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e mandou soltar o ex-secretário de Saúde do Rio, Edmar Santos. A informação é do jornal O Globo.

A defesa de Santos havia apresentado ao magistrado um pedido para soltar o ex-secretário, que está detido no Batalhão Especial da Polícia Militar do Rio.

No petição encaminhada ao ministro Benedito, a subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araújo afirmou que não cabe à Justiça do Rio decidir pela prisão ou não de Edmar Santos.

Santos foi preso no dia 10 de julho por uma operação do Ministério Público do Rio. Ele é investigado por irregularidades na compra de respiradores para tratar pacientes com Covid-19.

0

Últimas notícias