iPhone: 94 mil pessoas fazem consórcio de banco para pagar em 22 vezes

Dados foram divulgados pelo Itaú. Ao final do prazo, cliente tem que pagar mais para ficar com o aparelho em definitivo

atualizado 24/09/2021 15:06

Divulgação/Apple

Um programa do banco Itaú que permite o parcelamento de iPhones em até 22 vezes mensais atraiu 94 mil clientes em um ano, segundo a instituição financeira.

O banco lançou, no ano passado, o programa iPhone pra Sempre, que funciona como uma espécie de consórcio para a compra do smartphone da Apple. De acordo com o site TechTudo, que revelou a informação nesta sexta-feira (24/9) citando o Itaú como fonte, a instituição financeira está satisfeita com o resultado.

Os clientes do programa podem escolher entre as várias opções de submodelos do iPhone 12, do modelo mais “básico”, com 64 GB, até o Pro Max, com 256 GB. A linha do iPhone 13 deverá entrar no programa nos próximos meses.

Pelo plano, após pagar 21 parcelas, o cliente decide se pega outro aparelho mais novo (e continua pagando), se fica com o telefone que está usando — pagando mais um valor — ou se o devolve, sem pagar ou receber nada.

Segundo o TechTudo, os modelos de iPhone 12 com 128 GB e 64 GB respondem por mais da metade dos celulares escolhidos e suas mensalidades ficam em R$ 269,96 e R$ 247,58, respectivamente.

Portanto, para ficar com o modelo de 128 GB, o cliente pagará, ao final dos 22 meses (sem contar o extra caso queira ficar com o aparelho), R$ 5.939,12, o que é mais caro que o preço do telefone nas lojas virtuais segundo pesquisa feita pelo Metrópoles nesta sexta. Veja:

anúncios iphone 12
Anúncios de Iphone 12 nesta sexta-feira no Google

Últimas notícias