Integrantes do Comando Vermelho em GO são condenados a mais de 90 anos

Conforme a sentença, 18 integrantes do grupo criminoso foram condenados. As penas somadas ultrapassam os 90 anos de prisão

atualizado 12/11/2021 19:17

Divulgação: TJGO

Goiânia – O Tribunal de Justiça de Goiás condenou 18 integrantes do Comando Vermelho em Itapuranga, a cerca de 163 km da capital goiana, a prisão em regime fechado, sem possibilidade de recorrer em liberdade, além do pagamento de multa. Somadas, as penas excedem 90 anos de prisão. A decisão é da juíza Placidina Pires da 1ª Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e de Lavagem de Capitais.

O grupo possui vínculo direto com o Conselho do Comando Vermelho em Goiás e, para assegurar a hegemonia no tráfico de drogas na região, comandava o assassinato de quaisquer desafetos e integrantes das facções criminosas rivais.

Foram identificados três homicídios executados por ordem do grupo, além de algumas tentativas de homicídio, cuja apuração corre em autos específicos. A condenação refere-se apenas ao crime de organização criminosa, não abrangendo os crimes de homicídio.

O processo foi desmembrado em relação a dois réus e outros nove foram absolvidos das imputações feitas.

Prisões anteriores

Em abril deste ano, a Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios e Grupo de Investigação de Homicídios de Trindade, na Região Metropolitana da capital, deflagrou a operação Incendiários, cujo objetivo era a prisão de integrantes do grupo criminoso denominado Tropa do Baiano, vinculado à facção criminosa Comando Vermelho. Na ocasião, oito pessoas foram presas.

De acordo com a corporação, os integrantes do grupo criminoso são suspeitos de envolvimento em, ao menos, quatro homicídios, sendo que três deles ocorreram na região norte de Goiânia e um em Trindade. Três vítimas foram encontradas carbonizadas. Os crimes ocorreram entre outubro de 2020 e março de 2021.

 

Mais lidas
Últimas notícias