Dilma sobre Maradona: “Muchas gracias pelas alegrias a nuestros corazones”

A ex-presidente destacou que o argentino merece ser admirado pela defesa dos direitos dos povos da América Latina e do Caribe

atualizado 25/11/2020 15:59

Maradona e Dilma RousseffReprodução/ Twitter

A ex-presidente do Brasil Dilma Rousseff (PT) lamentou a morte do craque Diego Maradona nesta quarta-feira (25/11), que sucumbiu a uma parada cardiorrespiratória nesta manhã.

“A morte de Maradona é uma grande perda para todos os amantes do futebol, que tiveram por ele a mesma paixão com que ele próprio conduziu a vida”, escreveu.

Dilma destacou também que o argentino merece ser admirado pela defesa dos direitos dos povos da América Latina e do Caribe à soberania, à democracia e à justiça social.

Em uma homenagem escrita pela ex-presidente, ela afirmou que, em 2015, na aceitação do pedido de impeachment pelo Congresso Nacional, Maradona fez um gesto que ela não esqueceu: “Disse que seu coração estava comigo”, relembrou.

“Eu, agora, triste e abalada pela sua partida, retribuo o carinho e o afeto para dizer que nossos corações estão juntos, Maradona. Meu coração está contigo e meus pensamentos estão com você”, disse Dilma. 

“Maradona, muchas gracias pelas alegrias a nuestros corazones”, finalizou.

0

Últimas notícias