Covid: órgão municipal de Goiânia testa servidores após surto

Agência de Meio Ambiente teve 10 casos positivos de Covid confirmados, além de outros servidores com sintomas de gripe

atualizado 05/01/2022 17:42

goias testagem covid ammaVinícius Schmidt/Metrópoles

Goiânia – A Agência Municipal de Meio Ambiente de Goiânia (AMMA) realizou a testagem de 300 servidores do órgão municipal para Covid-19 durante todo o dia, nesta quarta-feira (5/1). A ação foi motivada por um surto da doença entre os trabalhadores do local. Até o momento, já foram confirmados 10 casos positivos.

Por meio de nota, o órgão informou ao Metrópoles que, além dos casos confirmados, há servidores com sintomas de gripe. Os trabalhadores também estão sendo orientados a procurar hospital para testagem. O prédio da AMMA passou por um procedimento de sanitização na terça, que já é aplicado quinzenalmente.

0

Surto de Covid

No prédio do Programa de Defesa do Consumidor (Procon), foram 12 casos positivos entre funcionários e servidores até agora, de acordo com informações do órgão repassadas para o Metrópoles.

Por conta do elevado número de casos, o Procon Goiânia não vai realizar atendimento presencial nos próximos 10 dias. As demandas estão sendo atendidas apenas por telefone e e-mail. Os servidores com Covid-19 estão vacinados e com sintomas leves, segundo o órgão.

Prefeito doente

O prefeito Rogério Cruz anunciou em suas redes sociais que testou positivo para a Covid-19. Ele não apresenta sintomas, conforme explicou, e detectou o vírus em um exame de rotina.

Por conta da doença, Rogério está trabalhando de casa. “A saúde enfrenta um momento de desafio com o aumento de doenças infectocontagiosas”, escreveu o prefeito em suas redes sociais.

Esta é a segunda vez que o prefeito é diagnosticado com Covid-19. A primeira vez foi em outubro de 2020, quando ainda fazia campanha como candidato a vice-prefeito da cidade, na chapa que tinha Maguito Vilela (MDB) à frente.

À época, Cruz também não apresentou sintomas na época. No entanto, Maguito Vilela, que foi eleito para a Prefeitura de Goiânia, morreu em decorrência de complicações da doença em janeiro de 2021, após um longo período de internação entre a capital goiana e São Paulo.

Mais lidas
Últimas notícias