Bebê tem corpo queimado com água fervente e espera vaga em UTI

De acordo com a família, a criança de 1 ano e 8 meses puxou uma cuscuzeira que estava no fogão

Reprodução/TV AnhangueraReprodução/TV Anhanguera

atualizado 22/01/2020 11:01

A família do bebê de 1 ano e 8 meses que teve o tronco queimado por água fervente briga para conseguir uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica. O menino, que mora com a família em Gurupi (TO), está em estado grave e internado há quase um semana. As informações são do G1.

O acidente ocorreu na casa da família. Segundo familiares, o menino puxou uma cuscuzeira que estava no fogão e a água fervente atingiu o tronco dele.

A demora na transferência se deve porque não há vagas na UTI pediátrica do Hospital de Palmas. A família contou ao portal que o menino não quer mais se alimentar e luta pela vida.

Procurada pelo portal, a Secretaria Estadual de Saúde informou que oferece o tratamento e assistência disponíveis para a criança, que é acompanhada por uma equipe de especialistas.

A fila para uma vaga na UTI, de acordo com a pasta, obedece critérios de avaliação do Sistema Único de Saúde (SUS).

Últimas notícias