*

Em fevereiro, o Mercadinho do Brasília completa dois anos. Para comemorar, foi preparada uma edição especial que terá, entre outras coisas, um workshop de kombucha, com Maíra Hanashiro;  A feirinha acontece das 9h às 15h, na área externa do Brasília Shopping (em frente à W3 Norte). A oficina de Maíra começa somente às 14h.

A produção do kombucha é trabalhosa. Mas, como só requer tempo uma vez por semana, vale a pena, de acordo com Maíra. “É só fazer um chá e deixar fermentando. O mais trabalhoso é a saborização. Na segunda fermentação, ele fica gaseificado, saborizado, lembra um refresco ou refrigerante.”

História milenar
O nome pode até parecer diferentão, mas o chá milenar (de origem desconhecida) com diversas propriedades nutritivas está ganhando cada dia mais adeptos no Brasil. O kombucha é uma bebida artesanal levemente gaseificada que surge da fermentação do chá – preto, verde ou mate — adoçado com açúcar.

Os probióticos e fermentados em geral estão ficando famosos no Brasil. Nos últimos anos, os nutricionistas começaram a receitar os probióticos da farmácia, por conta dos benefícios à saúde"
Maíra Hanashiro, especialista em fermentação e cozinha macrobiótica

Com o tempo, as pessoas foram redescobrindo o valor da fermentação natural. “Um exemplo disso é o levain, fermento natural para os pães.”, lembra Maíra. segundo ela, o kombucha tem o poder de nivelar a quantidade de bactérias boas no intestino, “então, é mais um meio do que um fim para a saúde”.

Bruno Ayub/Divulgação

Mil e uma utilidades
A bebida regula todo o processo digestivo, tem efeitos positivos no cérebro, ajuda no controle dos sintomas do autismo e no tratamento de depressão. Porém, a especialista faz uma ressalva:

É importante que ele não seja vendido como um superalimento. Isso não existe. Tudo é uma questão de hábito"
Maíra Hanashiro

A inspiração e o conhecimento de Maíra Hanashiro se devem, em parte, a sua mãe, Vera Viana, chef de cozinha de alimentação vitalícia. “Ela me criou na alimentação macrobiótica e conta que ficou apreensiva ao me levar à primeira festinha infantil”.

Vera imaginava que a filha ficaria enlouquecida pelos salgadinhos e docinhos “irresistíveis”. “Ao chegar no aniversário, olhei para a mesa de quitutes e falei: mamãe, que festa sem graça… Não tem agrião!”, recorda.

Além do workshop de kombucha, a próxima edição do Mercadinho do Brasília terá aula de ioga com o Coletivo Namaste (às 9h) e bate-papo com a nutricionista Gabriela Kapim, apresentadora do “Socorro! Meu Filho Come Mal”, do GNT (11h);

Oficina de Kombucha e Probióticos
Dia 11/2 (sábado), às 14h. No Brasília Shopping (W3 Norte). Atividade gratuita, durante o Mercadinho Brasília (que ocorre das 9h às 15h). Inscrição no local, antes do início da aula.



 

COMENTE

veganoorgânicoMercadinhoYogavegan