Relembre oito dinastias incríveis do futebol

por Samir Mello

No Brasil, o futebol é caracterizado pela competitividade, mas o país teve uma dinastia com o Santos de Pelé, que venceu quatro torneios nacionais consecutivos entre 1961 e 1965

Santos

Em tempos mais recentes, o São Paulo de Muricy Ramalho e Rogério Ceni foi o único que conseguiu emendar três títulos seguidos do Campeonato Brasileiro desde o Peixe dos anos 1960

São Paulo

Na Europa, uma das maiores dinastias pertence à Juventus. Na temporada 2019/20, a Velha Senhora conquistou o seu nono Campeonato Italiano consecutivo, o 36º scudetto da sua vitoriosa história

Juventus

Já na Alemanha, quem dá as cartas é o Bayern de Munique. Os bávaros são donos de oito Bundesligas em fila, conquistadas entre 2012 e 2020. No total, são 30 salvas de prata conquistadas

Bayern de Munique

O PSG pode ser o atual manda-chuva na Ligue 1, mas antes de Cavani, Neymar e Mbappé, foi o Lyon, de Juninho Pernambucano, que dominou o Francês, com sete títulos seguidos, entre 2001 e 2008

Lyon

Esqueça os grandes campeões da Itália, Espanha, Alemanha e Inglaterra. Durante 2006 e 2018, quem dominou o futebol europeu foi o Bate Borisov, com 13 títulos em sequência da Vysshaya Liga, da Bielorrússia

BATE Borisov

É difícil estabelecer uma dinastia na Champions League, competição que reúne a nata da Europa. Porém, foi exatamente isso que o Real Madrid fez entre 1955 e 1960, com Di Stéfano…

Real Madrid

...e depois, entre 2015 e 2018, vencendo mais três Champions League, com Ronaldo, Ramos, Marcelo e Zidane. Antes do tri merengue, só o Nottingham Forest, em 1979 e 80, havia conseguido conquistar a Champions de forma consecutiva

Real Madrid

TEXTO:
Samir Mello

IMAGENS:
Divulgação/ Unsplash.com/ Tenor.com

PRODUÇÃO DO STORIES:
Yanka Romão
Olívia Meireles


LEIA MAIS NOTÍCIAS