Rebeca Oliveira

Cinco livros preferidos de Meghan Markle

Meghan Markle costuma ser discreta em relação a seus gostos e assuntos de cunho pessoal. Porém, mesmo antes de se tornar a duquesa de Sussex em 2018, a atriz norte-americana nunca escondeu a grande paixão pela literatura

Antes de se casar com o príncipe Harry, Meghan tinha um blog de lifestyle. Nesse site, costumava detalhar suas leituras preferidas, que iam de clássicos escritos por Stephen King a livros de receita 

Distante do projeto, ela deixou, durante um vídeo gravado para um programa de tevê, uma dica das publicações recentes que arrematam seu coração. O Metrópoles conta quais são!

Marc Hom - Perfis

Trata-se de uma “coleção de retratos tirados nos últimos seis a oito anos, incluindo perfis excepcionais de criativos nas artes e no cinema, além de imagens significativas de família e amigos”, segundo o próprio autor. Vale o investimento!

O Poderoso Chefão Negro: A História de Clarence Avant

Caríssimo, este livro custa 400 euros e se baseia em um documentário da Netflix. O enredo narra a história do executivo musical americano Clarence Avant e engloba entrevistas com antigos colegas de trabalho, como o rapper Pharrell Williams

A Vida de um Fotógrafo

Annie Leibovitz, ícone da fotografia, também ganha espaço na biblioteca da duquesa. A obra inclui até retratos da rainha Elizabeth, que não teria gostado nada da mudança de Meghan e Harry para os Estados Unidos

Mulheres

Esta coleção da National Geographic também tem foco na fotografia e inclui retratos de personalidades famosas, como Oprah Winfrey, amiga de Meghan

Humanos de Nova York

Aqui, moradores da cidade de Nova York são registrados com toda a sua excentricidade pelo fotógrafo Brandon Stanton. O projeto teve início em 2010, apenas on-line, e depois virou uma publicação impressa que faz um  “censo fotográfico” da megalópole

TEXTO:
Rebeca Oliveira

IMAGENS:
 Divulgação
 
PRODUÇÃO DO STORIES:
Yanka Romão
Olívia Meireles


LEIA MAIS NOTÍCIAS