Oito vinícolas brasileiras que valem muito a pena visitar

Localizado em Bento Gonçalves, os locais produtores de vinho são boa opção para passear e degustar a bebida

Bodo Schackow/picture alliance via Getty Images

atualizado 18/09/2019 8:00

Vai visitar Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul? Então, a dica é fazer um tour pelas vinícolas da região. Não deixe de ir às grandes, como a Miolo, Valduga e Salton. Porém, não desperdice a oportunidade de conhecer as médias e pequenas, que produzem vinhos de alta qualidade.

Solicitei a colaboração de um grupo de especialistas em vinho, que conhecem muito bem a região, para o desafio de selecionarmos oito vinícolas “imperdíveis”  – entre tantas merecedoras uma visita. Na realidade, as tais “imperdíveis” são muitas, no entanto, considerando o curto tempo de uma viagem, vamos ficar apenas com as mais indicadas.

Nossos especialistas:

– Adriana de Oliveira Aguiar – Sommelière ABS-DF;
– Cláudia Oliveira – Sommelière (ABS/DF e Fisar). French Wine Scholar, Especialista em Enografia Italiana. Habilitada em docência de vinhos Italianos, Especialista em vinhos Portugueses; Juíza para Qualificação de vinhos da IWO, International Sommelier Guild 2, Court of Master Sommelier, Wine and Spirits 3, Professora na ABS-DF e Master of Port;
– Douglas Chamon – enólogo do Projeto de Vinificação em Grupo, de Bento Gonçalves;
– Emília Carvalho – colunista de gastronomia e vinho na empresa a Kombi do Vinho, organizadora do evento Brinda Brasil;
– Mara Flora – Sommelière, professora de Enoturismo na UnB e consultora do SEBRAE;
– Míriam Souza – Enófila com grande conhecimento de vinícolas e vinhos;
– Rita Mendes – Sommelière ABS-DF;
– Sophia Luduvice – engenheira química especializada em vinicultura.

As vinícolas em ordem alfabética:

Almaúnica 
Fácil acesso, atendimento profissional, vinhos que agradam o consumidor médio e boa infraestrutura, opina Cláudia Oliveira. “Vinhos interessantes com destaque para o Merlot e o 4 Castas”, diz Míriam Souza. “Local lindíssimo! Os vinhos são imperdíveis, de altíssima qualidade, e o tour e a degustação são completados pelo carinhoso atendimento de familiares e funcionários”, opinou Mara Flora

Na RS 444, KM 17,35 – Vale dos Vinhedos. (54) 3459-1384. E-mail: almaunica@almaunica.com.br. De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. Sábados e feriados, das 10h às 12h e das 13h30 às 17h30. Domingos, das 10h às 13h. Visita guiada: De segunda a sábado, nos seguintes horários: 10h30 e 15h30

Divulgação

Angehben
“Sensacional! Ótima visita e vinhos. Os vinhos do topo de gama são feitos para serem lançados com certo tempo de maturação”, fala Míriam Souza. “Produz apenas 15 mil garrafas mas são sensacionais, destaco um blend de várias safras de Pinot Noir, incrível!”, coloca Emília Carvalho. “Vinhos familiares de ótima qualidade”, avalia Sophia Luduvice. “Produzem vinhos artesanais e únicos com as castas europeias Barbera, Teroldego, Touriga Nacional, Pinot Noir, Gewustraminer além de espumantes Método Champenoise”, indica Adriana de Oliveira Aguiar.

Na RS 444, KM 4 – Vale dos Vinhedos. (54) 3459-1261. E-mail: adega@angheben.com.br. De segunda a sábado, das 9h às 17h. Domingos e feriados é necessário agendamento prévio

Barçarola
“Além dos vinhos, tem um lado cultural impressionante. Vale dizer que foi tombada pelo Patrimônio Histórico do município”, afirma Rita Mendes. “Tem um vinho no estilo Recioto muito interessante”, indica Míriam Souza. “Local pitoresco em uma casa colonial e ótimos vinhos”, sugere Sophia Luduvice. “Localizada no casarão centenário da família Petrolli, desde 1913. Degustação gratuita de vinhos das castas Lagrein, Rebo, Teroldego e Merlot”, entende Adriana de Oliveira Aguiar.

Na Via Trento s/n – Vale dos Vinhedos. (54) 3451-2478. E-mail: contato@barcarola.com.br

Calza
“Se destaca pela excelência ao elaborar seus vinhos com as castas Sangiovese, Alicante Bouschet, Merlot, Cabernet Sauvignon e Tannat”, avalia Adriana de Oliveira Aguiar.

Na Linha 80 da Leopoldina. Quem vem de Bento Gonçalves, no trevo para Santa Tereza vire à esquerda e ande cerca de 700 m, Logo entre à esquerda novamente e chegará na vinícola. (54) 3457-1173. Site: www.vinicolacalza.com.br. E-mail: contato@vinicolacalza.com.br. De segunda à sábado, das 9h às 11h30 e das 14h às 18h

Divulgação

Cave Antiga
“Fundada em 1948, pelo enólogo João Carlos Tafarel, a vinícola está num local bucólico, próximo à Igreja de São Gabriel, retratada nos rótulos. Os vinhos ícones Iridium, Marselan ou Sangiovese assim como espumantes são oferecidos em visita guiada ou em jantar harmonizado, em que os proprietários recebem os turistas e enófilos, expressando o amor ao ato de vinificação”, coloca Adriana de Oliveira Aguiar.

Linha Rio Buratti, 3º Distrito Farroupilha. (54) 3261-9637. E-mail: contato@caveantiga.com.br

Estrelas do Brasil
“Fundada em 2005, no belíssimo Vale Aurora, Bento Gonçalves, pelos enólogos Irineu Dall’Agnol e Alejandro Cardozo, a casa tem por proposta semear mensagens de paz e glamour com seus surpreendentes espumantes safrados utilizando-se de uvas como Chardonnay, Pinot Noir, Viognier, Trebbiano, Riesling Itálico e Moscatel. Destaque também para os vinhos das castas Fumé Blanc, Cabernet Franc, Tannat e Merlot”, considera Adriana de Oliveira Aguiar.

Na RS 431 – Km 4,2, Faria Lemos, Bento Gonçalves. (54) 99924.1016 e (54) 3439-1089. E-mail: vendas@estrelasdobrasil.com.br  e estrelas@estrelasdobrasil.com.br. Visitação somente com agendamento

Larentis
“100% dos vinhedos são próprios, o vinho Mérito, por exemplo, espelha a grandiosidade desta pequena vinícola familiar”, comenta Rita Mendes. “Produz vinhos potentes e de guarda”, avisa  Emília Carvalho. Nos meses de setembro a março, ocorrem os famosos Piqueniques nos Vinhedos.

Na Linha Leopoldina, s/n – Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves. (54) 3453-6469. E-mail: larentis@larentis.com.br. De segunda a sexta, das 9h às 11h e das 13h às 17h. Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h. Acima de 12 pessoas é necessário agendamento prévio por telefone ou e-mail

Divulgação

Milantino
“O seu Ancellota 2006 está muito bom”, diz Míriam Souza. “Faz vinhos com mais madeira, mas são muito bons”, coloca Emília Carvalho. “Com uma ampla e aconchegante estrutura de recepção, num ambiente de concepção entre o rústico e o contemporâneo, com ótimos vinhos que fazem o deleite dos visitantes”, opina Mara Flora.

Na Estrada do Vinho – 8 da Graciema – Vale dos Vinhedos. (54) 3452-0159 e (54) 3459-1331. E-mail: milantino@milantino.com.br. De segunda a sábado (visitação e degustação), das 10h às 16h. Vendas até as 17h:30. Domingos (visitação, degustação e vendas), das 10h às 13h. Feriado, das 10h às 16h

Além destas oito vinícolas, uma última sugestão, fora do convencional, conhecer o Projeto de Vinificação em Grupo do enólogo Douglas Chamon na Vinícola Mena Kaho.

Agenda
0

Últimas notícias