“Já morri tantas vezes”, diz Renato Aragão sobre fake news e processos

Por causa de notícias falsas, o humorista passou a usar a internet a seu favor, para provar ao Brasil que está vivo

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 22/05/2019 14:16

Vítima frequente de fake news, Renato Aragão, aos 84 anos, é o influenciador digital improvável que a gente adora. Em entrevista à coluna de Mauricio Stycer, do UOL, o humorista revelou ter se tornado adepto da internet por um grande motivo: provar ao Brasil que ainda está vivo.

Com 2,6 milhões de seguidores no Instagram, Aragão só tomou decisão de criar um perfil na rede social para acabar de vez com as notícias falsas na web a seu respeito. “Já morri tantas vezes”, desabafou. Devido aos boatos do tipo, o artista precisou acionar advogados, e hoje os autores das histórias mentirosas já foram processados. “Vão pegar uma cadeia boa”, disse.

Ainda no bate-papo, Aragão afirmou nunca ter se desapegado de Didi, personagem icônico que marcou sua carreira. “Tenho o Didi dentro de mim, vou com ele até o fim da minha vida”, esclareceu. Sobre a nova versão de Os Trapalhões, o ator alertou a TV Globo para os riscos de reproduzir um sucesso como tal. “Os Trapalhões são insubstituíveis”, declarou.

No Instagram

Com imagens engraçadas e looks incríveis, Renato abusa de hashtags e já se tornou o “sênior” mais seguido do mundo, de acordo com uma pesquisa encomendada pela equipe do comediante. Mais de 2,4 milhões de pessoas acompanham o humorista no Instagram. As informações são do jornal Extra.

Os “Looks do Didia” têm feito tanto sucesso que Renato foi contratado como garoto-propaganda de uma marca de roupas. A responsável pelo guarda-roupas do artista é Anna Carolina Lima. Ela atua com stylist e social media de Renato. “Trabalhar com ele é muito fácil e prazeroso, porque o Renato topa tudo. Ele, pessoalmente, não usaria muita coisa, mas Didi, sim. E ele entende tudo isso”, conta a profissional à reportagem.

Últimas notícias