Criança morre de desidratação em cidade sitiada na Ucrânia

Menina tinha 6 anos de idade e morreu de desidratação presa sob os escombros de uma casa destruída

atualizado 08/03/2022 14:07

Os ataques em larga escala da Rússia à Ucrânia, mais de um milhão de pessoas fugiram do país, com centenas de milhares atravessando Lviv em sua rota para a Polônia Emin Sansar/Agência Anadolu via Getty Images

Uma criança morreu de desidratação na cidade sitiada de Mariupol, na Ucrânia, após passar vários dias sem água e energia. A morte foi informada pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, na manhã desta terça-feira (8/3).

Segundo o canal do Telegram de Vadim Boichenko, prefeito de Mariupol, a menina tinha 6 anos e morreu de desidratação presa sob os escombros de uma casa destruída.

“Meu coração está cheio de dor e ódio pelos nazistas que tomaram nossa Mariupol”, disse Boichenko.

A cidade portuária tem sido alvo de frequentes bombardeios e ataques russos, que deixaram a população sem água e luz e com mantimentos cada vez mais escassos.

No último sábado (5/3), a Rússia anunciou um cessar-fogo temporário para a região, onde os civis poderiam sair por corredor humanitário. As tropas de Vladimir Putin, porém, não suspenderam os ataques em todo o percurso conforme prometido e a retirada foi adiada.

Entenda o que são e como funcionam os corredores humanitários:

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

 

Mais lidas
Últimas notícias