CPI do surfe: internet reage com revolta e bom-humor à eliminação de Medina

Brasileiro ficou de fora da disputa pelo ouro após ter sido derrotado pelo japonês Kanoa Igarashi

atualizado 27/07/2021 1:38

Ryan Pierse/Getty Images

Gabriel Medina, um dos favoritos ao ouro olímpico no surfe, ficou de fora da disputa pelo lugar mais alto do pódio após ter perdido de virada para o japonês Kanoa Igarashi na madrugada desta terça-feira (27/7).

A internet, é claro, não deixou a eliminação de Medina passar em branco, a começar por sua amada, Yasmin Brunet, que fez uma live para 65 mil pessoas durante a disputa. Revoltada, a modelo soltou o verbo. “Tá vendo? Se eu tivesse lá, eu pegava esse juiz. Vou nem falar nada. Infelizmente, como o surfe é subjetivo, dá para roubar fácil para as pessoas. É isso, puxam para o país”, se referindo à vitória de Igarashi.

Yasmin também apelou aos seguidores que fossem ao perfil do COB cobrar uma postura sobre a eliminação de Medina, a qual ela considerou injusta.

Em tom bem-humorado, Eduardo Paes (PSD), prefeito do Rio de Janeiro, afirmou que “se o surf tivesse entrado como modalidade olímpica no Rio 2016, eu JAMAIS iria permitir que acontecesse o que aconteceu com o Medina em Tóquio”.

Na mesma onda (sem trocadilho), o vice-presidente da CPI da Covid-19, senador Randolfe Rodrigues, foi ao Twitter avisar que estava “anotando todos os pedidos que estou recebendo para abertura da CPI do Surf. Concordo com as insatisfações e reitero o clamor: não pode ficar assim”.

Vídeos
Últimas notícias