Brasiliense vence o Gama por 3X1 e dá 1º passo na conquista do Candangão

Com Marcos Aurélio inspirado nas cobranças de falta, Jacaré faz a vantagem e pode perder por até um gol na volta que será campeão

atualizado 26/08/2020 17:58

Brasiliense x GamaRafaela Felicciano/Metrópoles

O Brasiliense Futebol Clube largou na frete na disputa pelo título do Candangão 2020. Com show de Marcos Aurélio, o Jacaré bateu o Gama por 3 x 1, na manhã desta quarta-feira (26/8), acabando com a invencibilidade de 33 jogos do rival e abrindo vantagem na grande final. Com o resultado, a equipe pode perder por até um gol de diferença que a taça vai para a sala de troféus do time de Taguatinga.

Os tentos do Jacaré foram marcados por Marcos Aurélio, Badhuga e Aldo. O Gama descontou com Nunes, cobrando pênalti. O jogo de volta acontece no próximo sábad0 (29/8), às 16h, no Estádio Bezerrão.

Primeiro tempo

Como já era esperado, as equipes começaram buscando o jogo, e logo aos cinco minutos o Jacaré conseguiu sua primeira boa descida. Zé Love escapou pela direta, e de três dedos colocou a bola na cabeça de Romarinho, que testou para fora. Aos 12’, a equipe amarela chegou mais uma vez, na falta fechadinha de Marcos Aurélio que passou com perigo frente ao gol.

Sem acelerar o jogo, as equipes jogavam com cautela, buscando minimizar os erros no sistema defensivo. O Gama só conseguiu finalizar a gol aos 21 minutos. O volante Wallace arriscou de fora, mas a bola saiu pela esquerda, sem oferecer perigo ao goleiro Fernando Henrique.

Aos 33’, a equipe gamense encaixou duas descidas. Andrei Alba chutou de fora, mas a bola se perdeu na linha de fundo. No lance seguinte, Nunes tabelou com Esquerdinha e bateu rasteirinho. A bala saiu rente a trave esquerda.

O Brasiliense respondeu aos 40’. Peninha limpou a marcação e bateu bonito de fora da área, levando muito perigo ao gol defendendo por Calaça. Dois minutos depois, Wallace desviou a cobrança de escanteio de Esquerdinha, e Fernando Henrique apareceu para fazer a defesa, evitando o gol da equipe verde.

Bola paradas decidem o jogo

O Brasiliense voltou do intervalo utilizando bem umas de suas melhores armas: a bola parada. Com 16 minutos, o placar já marcava 3 x 0 para a equipe amarela. Aos três minutos, Marcos Aurélio cobrou com força uma falta pela ponta esquerda. A bola desviou em Amaral e tirou qualquer chance de defesa do goleiro Calaça.

Aos 7’, o Brasiliense ganhou uma falta, pela esquerda, e mais uma vez Marcos Aurélio foi para a bola. O meia bateu direto para o gol, Calaça deu rebote e Badhuga apareceu para completar e ampliar a vantagem do Jacaré.

Mais uma falta foi marcada a favor da equipe amarela pelo lado esquerdo. Marcos Aurélio, mais uma vez, colocou a bola na cabeça de Aldo, que testou no cantinho para fazer 3×0 para o Jacaré.

O também chegou ao gol em uma bola parada. Aos 18’, o árbitro Maguielson Lima marcou pênalti de Romarinho em Wallace. Nunes foi para a cobrança, dois minutos depois, e descontou para a equipe verde. Brasiliense 3×1 Gama.

Após um começo de segundo tempo alucinante, o ritmo caiu. Ambos as equipes tiveram somente mais uma chance de gol. Zé Love, aos 39 minutos, tentou cobrir arqueiro do Gama, mas sem êxito. Seis minutos depois, Peu bateu falta no ângulo e Fernando Henrique praticou uma bela defesa garantindo a vantagem do Jacaré, que pode perder por até um gol no jogo de volta que será campeão. 

0

Ficha técnica
Brasiliense 3 x 1 Gama
Campeonato Candango 2020 –  Final – Jogo de ida
26/08/2020, 11h, Mané Garrincha – Brasília-DF
Árbitro: Maguielson Lima Barbosa
A1: Leila Moreira
A2: Lehi Sousa
4º árbitro: Rafael Martins Diniz

Brasiliense: Fernando Henrique; Bruno Lima, Badhuga, Rodrigo e Fernandinho; Aldo, Esquerdinha (Radamés) e Marcos Aurélio (Douglas); Peninha (Renatinho), Romarinho (Romarinho) e Zé Love (Vitor Mariano). Técnico: Márcio Fernandes
Gols: Marcos Aurélio (3’ 2T), Badhuga (7’ 2T) e Aldo (16’ 2T)
Cartões amarelos: Romarinho e Aldo

Gama: Calaça; Amaral, Gustavo, Emerson (Gustavo Rambo) e Peu; Wallace, Andrei Alba (Malaquinhas) e Esquerdinha; Vitor Xavier (Michel Platini), Everton e Nunes. Técnico: Vilson Tadei
Gols: Nunes (20’ 2T)
Cartões amarelos: Amaral, Emerson, Peu, Nunes

Vídeos
Últimas notícias