Após um ano no PSG, Buffon passa por exames e acerta volta à Juventus

O goleiro passou 17 anos no clube depois de ser contratado junto ao Parma em 2001 e se estabeleceu como um dos melhores goleiros do mundo

Netflix/DivulgaçãoNetflix/Divulgação

atualizado 04/07/2019 10:41

Gianluigi Buffon está de volta à Juventus. Ídolo histórico do clube, o goleiro desembarcou, nesta quinta-feira (04/07/2019), em Turim para realizar os exames médicos necessários para a assinatura do seu contrato, que, de acordo com informações da imprensa italiana, será válido por uma temporada, no valor de 1,5 milhão de euros (aproximadamente R$ 6,45 milhões).

A Juventus postou fotos e vídeos de Buffon assinando autógrafos para torcedores fora do centro de treinamento do clube antes de entrar para realizar os exames que sacramentarão o retorno do goleiro, de 41 anos, depois de uma temporada no Paris Saint-Germain.

Espera-se que Buffon seja o reserva do polonês Wojciech Szczesny. E ele precisará entrar em campo oito vezes para superar Paolo Maldini, ex-capitão do Milan, como o jogador com o maior número de jogos na história do Campeonato Italiano. Buffon tem 640 aparições na competição; Maldini soma 647. Após esta temporada, Buffon deve se tornar membro da diretoria da Juventus.

Ele passou 17 anos no clube depois de ser contratado junto ao Parma em 2001 e se estabeleceu como um dos melhores goleiros do mundo. Ganhou nove títulos do Campeonato Italiano, incluindo quatro “dobradinhas” em temporadas com a Copa da Itália.

Buffon possui um recorde de 176 jogos pela Itália, tendo ajudado a seleção a vencer a Copa do Mundo de 2006. Um dos poucos troféus que faltam na brilhante coleção dele é a Liga dos Campeões. Ele perdeu três finais nessa competição com a Juventus.

O acordo de Buffon com o PSG tinha a possibilidade de extensão por um ano, algo que não foi exercido. Ele jogou 25 vezes pelo time parisiense, dividindo a meta do time com Alphonse Areola, e ganhou o Campeonato Francês para aumentar seu currículo.

Últimas notícias