Dana White estuda transferir eventos do UFC para “Ilha da Luta”, em Abu Dhabi

Motivo da mudança é a exigência de vacinação para estrangeiros que não morem nos Estados Unidos feita pela Casa Branca

atualizado 20/10/2021 14:50

Chris Graythen/Getty Images

O presidente do UFC, Dana White, revelou em entrevista na noite esta terça-feira (19/10) que a “Ilha da Luta”, localizada em Abu Dhabi, pode voltar a ser utilizada. O motivo seria a exigência de vacinação para a covid, feita pela Casa Branca, para os estrangeiros que não residem nos Estados Unidos à partir de 8 de novembro.

A possível decisão segue o que o próprio cartola já havia sinalizado em entrevistas anteriores, que não obrigaria seus empregados a se vacinarem. Desta forma, Dana “driblaria” a exigência podendo receber todos os lutadores da franquia que desejasse.

Assim, além do UFC 267, marcado para o dia 30 de outubro, outras edições do torneio passariam a ser realizados em Abu Dhabi.

A “Ilha da Luta” foi utilizada em julho do ano passado, no auge da pandemia da Covid. Com as restrições impostas para eventos e a entrada de pessoas de outros países, o UFC foi transferido para a capital dos Emirados Árabes Unidos, onde o torneio foi disputado.

No card do UFC 267 haverá as disputas de cinturão dos meio-pesados, entre Jan Blachowicz e o brasileiro Golver Teixeira, e entre os peso-galo com Petr Yan e Cory Sandhagen. O evento ainda contará com a luta entre as brasileiras Virna Jandiroba e Amanda Virna, além de Ricardo Ramos e a estreia de Allan “Puro Osso”.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias