*
 

O já anunciado fim do programa “Pânico”, em dezembro, faz parte do corte de gastos planejado pela rede de televisão Band para poder transmitir a Copa do Mundo da Rússia, em 2018. A informação é da colunista Keila Jimenez, do portal “R7”.

Segundo o site, a Band pretende firmar um contrato com a Globo, dona dos direitos de transmissão do torneio, para ter a Copa da Rússia em sua grade de programação. Os altos custos do acordo, cerca de US$ 60 milhões, forçaram a emissora a reduzir gastos. Um dos sacrifícios envolve o encerramento de contrato com o humorístico “Pânico”.

Outra medida severa tomada pela Band para ter direito aos jogos da Copa do Mundo envolve patrocínio. Para arcar com as despesas previstas no contrato com a Globo, a TV pretende vender oito espaços comerciais por R$ 25 milhões cada. As cotas valem por um período de até dois anos e podem comprometer a grade da emissora.

 

 

COMENTE

Copa do Mundobandcopa do mundo 2018Pânico na Bandcopa do mundo da rússia
comunicar erro à redação

Leia mais: televisao