Quem é MC Caverinha? Cantor de 11 anos conquistou Anitta e Neymar

O artista mirim estourou em 2019 e tem conquistado espaço na cena do rap nacional

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 27/10/2019 10:50

Shows lotados, músicas estouradas nas plataformas digitais: MC Caverinha sem dúvidas já é um sucesso. O menino da periferia de São Paulo, trocou o funk pelo trap e tem chamado a atenção dos maiores nomes do estilo no Brasil, que fizeram com que Kauê de Queiroz fosse chamado de Príncipe do Trap. A história é comum a artista do cenário mais underground do hip-hop: porém, neste caso, a idade do artista chama atenção. Ele tem apenas 11 anos.

Dono de sucessos como Só Não Pisa No Meu Boot e Tipo GTA, Caverinha estourou rapidamente na cena do trap nacional e, como diz na faixa Flash, anda por aí: “Sempre lidando com flash e acostumado com foto”. Mesmo tão novo, o artista carrega fãs por onde passa.“É muito da hora ter esse reconhecimento. Porque eu me vejo assim, novão envolvido na cena e conseguindo conquistar as coisas”, contou o pequeno trapstar ao Métropoles.

Por falar em fãs, o rapper mirim tem alguns bem conhecidos. Anitta e Neymar manifestaram várias vezes em suas redes sociais que acompanham de perto a carreira de Caverinha. Em agosto, o jovem artista se apresentou junto a cantora em Mogi das Cruzes, com a faixa Favelado Também Pode, música com o rapper Dfideliz. “Eu senti muita emoção. Quando eu fiquei sabendo que ia cantar com ela fiquei sem reação nenhuma”, lembrou Kauê.

Apesar de fazer parte de um cenário mais underground, o trap tem se popularizado cada vez mais, principalmente entre os mais jovens. Além das músicas, o estilo dos artistas serve de inspiração para muitos deles, que procuram nas roupas de grife, correntes brilhantes e tênis de marca, o famoso hype. Inclusive, os pisantes influenciaram o primeiro sucesso de Kauê na cena. “Meu irmão um dia chegou com o Air Jordan vermelho cheio de lama, todo pisado. Ele tava todo bravão e começou a falar ‘caramba pisaram no meu boot’. Aí, eu dei a ideia da gente lançar uma música assim”, lembra Caverinha, sobre a criação de Só Não Pisa no Meu Boot. 

 

Na hora, o irmão Kaique de Queiroz, 19, não foi muito com a ideia, mas a insistência de Kauê fez com que eles finalizassem a música e gravassem. O Príncipe do Trap estava certo, após seis meses de lançamento no YouTube, o som chega a quase 23 milhões de views. E a parceria entre os brothers seguiu. O mais velho ajuda o mais novo a compor e produzir as faixas. 

“Geralmente, ele chega com a ideia e eu vou lá e dou uma ajeitada, ajudo a escrever o restante. Tem dia que ele tá de mau humor e já grava a música, depois de uns três dias escutando a faixa, o Caverinha vem e fala que não gostou e quer de novo”, revelou Kaique. 

A idade de Caverinha não parece importar muito na hora de produzir, de acordo com o irmão, o rapper é bem exigente com suas músicas. “Um dias desses, a gente tinha uma faixa que tava pronta, toda produzidinha, e ele chegou falando: ‘não gostei, to meio inseguro com isso, vou gravar de novo’. Eu fico de cara, porque parece um adulto conversando”, brincou.

Sonho compartilhado 

Durante a conversa no show realizado em Brasília, os irmãos falaram bastante sobre a proximidade entre os dois. Caverinha tem mais 4 irmãos, mas é com Kaique a relação mais próxima. “Ele se espelha muito em mim. Por isso, sempre tento fazer o certo, o incentivo nos estudos e ajudando nas lições”, reforça o misto de produtor, irmão e tutor.

A relação entre os dois, inclusive, foi o que motivou o pequeno astro a cantar. Kaique já se arriscava nos vocais e levou o irmão mais novo para dançar nos shows. Num desses eventos, veio o pedido: aos 4 anos, Kauê o convenceu o a deixar ele se apresentar. O início no funk foi difícil e o esperado reconhecimento não veio, fazendo com que Caverinha parasse com os shows por um tempo.

A ideia de mudar para o trap veio, novamente, do irmão mais velho, que viu o gênero se popularizar na internet. Desde então, os dois compartilham o palco e praticamente os mesmos sonhos: o maior deles ainda é comprar uma casa para a mãe.

No ano passado, o rapper de 11 anos, viu a família ser despejada de sua antiga casa e precisar morar com os vizinhos, após uma ação da empresa dona do lote em que moravam demolir algumas residências, incluindo a deles. O objetivo de conquistar a tão sonhada casa só aumentou depois do ocorrido. Um dos meios para juntar o dinheiro foi participar do quadro Se Vira nos 30, do Domingão do Faustão, onde levou para casa o prêmio de 50 mil reais.

Um dos sonhos está perto de ser realizado: viajar para fora do país. O trapstar mirim prepara turnê pela Europa, passando por Portugal e Espanha. Enquanto aguarda a documentação para anunciar as datas dos shows, MC Caverinha prepara três lançamentos: Fatos Reais, um hard trap e um funk em feat com outros artistas. 

Últimas notícias