Leonardo faz apelo para que autoridades tragam Ronaldinho Gaúcho ao Brasil

O cantor usou live para pedir que o governo brasileiro se empenhe em repatriar o jogador: Ronaldinho está em prisão domiciliar no Paraguai

atualizado 05/07/2020 11:32

Leonardo-Ronaldinho-GauchoReprodução

O cantor Leonardo fez um apelo, durante a live BBQMix Em Casa, realizada nesse sábado (4/7), para que as autoridades brasileiras ajudem Ronaldinho Gaúcho a voltar ao Brasil. O ex-jogador e seu irmão, Roberto Assis, estão em prisão domiciliar no Paraguai desde abril.

Ronaldinho e Assis estão presos no Paraguai por tentarem entrar no país com passaporte falso.

“Autoridades desse país, por favor, pelo amor de Deus, embaixada brasileira, vocês esqueceram do nosso Ronaldinho Gaúcho? Ele está lá no Paraguai, detido até hoje. Pelo amor de Deus, gente. O que esse homem fez?”, pediu Leonardo.

“Ele está detido por fazer vários gols maravilhosos, por ter dado três bonés, dá um passe para cá e olhar para lá. Isso é crime? Não sei qual o crime que eles cometeram. Tenho certeza que o Ronaldinho está fora dessa. Esse cara é maravilhoso, é nosso ídolo”, argumentou Leonardo.

O cantor sertanejo, em seu apelo, chamou Ronaldinho de “patrimônio tombado esporte brasileiro” e ainda sugeriu que as autoridades nacionais deveriam promover um troca de presos para liberar o ex-jogador.

“Ele é nosso. Autoridades paraguaias também, do nosso país irmão, dividindo com a gente, pensem bem no que estão fazendo com um dos maiores ídolos de todos os tempos do futebol mundial”, concluiu.

Últimas notícias