Comentarista da Globo vai à delegacia após ser chamado de “macaco” na web

Paulo César de Oliveira foi insultado por um internauta em seu Instagram, que não concordou com seu posicionamento sobre um jogo de futebol

atualizado 16/09/2020 16:50

Paulo César de OliveiraReprodução/ Globo

Paulo César de Oliveira, comentarista de arbitragem da Rede Globo, vai registrar uma queixa-crime contra um torcedor que o chamou de “macaco sem vergonha”, o que se classifica como ato de injúria racial.

“Foi um comentário de um internauta, vi só na segunda-feira. Ontem [terça] fiz contato com a delegacia especializada em crime virtual em São Paulo e agora vou registrar a ocorrência”, explicou. O caso ocorreu logo após o jogo entre Fluminense e Corinthians no último domingo (13/9).

Em entrevista ao site GE, da Globo, Oliveira confirmou que vai à delegacia nesta quarta-feira (16/9) registrar a queixa-crime. “Pediram pra salvar a URL do perfil, o print, e já fiz isso. Estou indo agora à tarde. O comentário ainda está na minha publicação, não respondi nada para não alardear, mas pedi orientação ontem e vou registrar. É inaceitável”, disse.

O torcedor responsável pelo comentário racista já apagou os posts de seu Instagram, além de excluir o comentário que fez na publicação de Paulo. O xingamento ocorreu por ele não ter concordado com uma análise do ex-árbitro.

“Não conheço o internauta, não sei se é perfil falso ou se não é, acho que não, mas vou levar o caso adiante para servir mesmo como um processo educativo, uma forma de repudiar essa conduta”, avisou o comentarista.

Últimas notícias